Facebook Twitter Google+ Pinterest Addthis ‘Luigi Giussani - A Sua Vida’ Biografia do fundador de Comunhão e Libertação é apresentada no Rio de Janeiro

‘Luigi Giussani - A Sua Vida’, este é o título da biografia do fundador do movimento Comunhão e Libertação, que será apresentada no Rio de Janeiro, no próximo dia 17 de julho, com a presença do Arcebispo de Taranto (Itália), Dom Filippo Santoro.

O lançamento desta obra acontecerá na Sala Itália do Istituto Italiano di Cultura, a partir das 18h, e também contará com a presença do jornalista e autor do livro, Alberto Savorana, e do presidente da Academia Brasileira de Letras, Marco Lucchesi. O evento será aberto e com entrada franca.

Esta biografia do fundador de Comunhão e Libertação busca contar quem foi e como viveu Padre Luigi Giussani (1922-2005), sacerdote da Arquidiocese de Milão. A obra reconstrói a crônica dos dias de Luigi Giussani, além de oferece aos leitores as marcas da sua herança.






Segundo indica Comunhão e libertação, no livro, “emerge como Padre Giussani faça continuamente a releitura dos fatos que lhe aconteceram, os julgue e os ofereça como sugestão para o caminho que cada um deve percorrer”.

Para escrever esta biografia, o autor partiu de fontes acessíveis, do testemunho de pessoas que conheceram o sacerdote e de tudo o que ele mesmo disse e escreveu no curso da sua longa existência.

Foram consultadas milhares de páginas inédita, como a transcrição de palestras e diálogos, anotações pessoais e correspondências com amigos, bispos, pontífices e familiares, sendo o primeiro testemunho um cartão postal escrito para o seu pai em 1935, quando “Gigetto” tinha apenas 12 anos.

Além disso, confluem nessa biografia as páginas dos livros de Padre Giussani, ricas de eventos de sua vida. Por fim, muitos testemunhos oculares ajudam a reconstruir momentos importantes, muitos dos quais até agora desconhecidos ou de contornos nebulosos.

Nesse sentido, assinala Comunhão e Libertação, “‘Luigi Giussani - A Sua Vida’ é uma tentativa de tomar o leitor pelas mãos em uma viagem no tempo, quase espectadores” dos acontecimentos da vida desta sacerdote.

O objetivo, conforme assinalam, “é para uma imersão nos acontecimentos da vida de um homem que atravessou quase todo o século XX e o início do novo milênio”.

Acidigital