Catedral de Campina Grande retoma Escola da Fé nesta quinta

 

A Catedral Diocesana de Nossa Senhora da Conceição, localizada na Avenida Floriano Peixoto, no centro de Campina Grande, realiza nesta  quinta e sexta (14 e 15 de setembro) um estudo bíblico sobre Maturidade Espiritual.

O estudo é aberto a toda a comunidade, começando sempre às 19h30, sob a coordenação do Padre Van Victor, da Catedral. A participação é gratuita e não requer inscrição prévia nem a obrigatoriedade de ter participado dos estudos dos temas anteriores. Os interessados devem se dirigir à Catedral levando Bíblia, para acompanhar as leituras, além de lápis e bloco de anotações, para apontamentos.

De acordo com o Padre Luciano Guedes da Silva, pároco da Catedral, a Escola da Fé é aberta não apenas aos catequistas, agentes de pastorais e aos fiéis da paróquia de Nossa Senhora da Conceição, mas a toda a comunidade cristã, aos que queiram aprimorar seus conhecimentos sobre a Palavra de Deus.

No ano passado a Escola da Fé enfocou entre outros os seguintes módulos: “Introdução às Sagradas Escrituras”; “Livro do Gênesis”; “Livro do Êxodo”; “Os Profetas na Bíblia”; “Os Evangelhos” (enfocando a Introdução e os quatro Evangelhos: Mateus, Lucas, Marcos e João); o livro dos “Atos dos Apóstolos”; e o livro do “Apocalipse”.

 

AO que é a Escola da Fé?

A Escola da Fé é uma oportunidade para esclarecer e fortalecer a Fé do povo de Deus, católico, que muitas vezes desconhece ou tem dúvidas sobre os pontos mais importantes da fé. Cada módulo tem uma temática diferente. Os módulos abordam a temática bíblica, doutrinária e moral, litúrgico-sacramental e a vida de oração do cristão.

O programa completo da Escola da Fé tem a duração de quatro semestres, acrescido de um quito específico para catequistas (abordagem da metodologia catequética). Ela é dirigida a todo o povo católico da Diocese de Campina Grande que deseja conhecer melhor sua fé. As formações ocorrem sempre em dois ou três dias de uma única semana a cada mês, com início às 19h30 e término às 21h.

Fonte:paraibaonline