Catedral de Campina Grande realiza Catequese Quaresmal nesta sexta, com o Pe. André Vital, Mestre em Sagrada Escritura

 

 

A Catedral Diocesana de Nossa Senhora da Conceição, localizada na Avenida Floriano Peixoto, no centro de Campina Grande, realiza nesta sexta-feira (19) a primeira, de três catequeses quaresmais que vai promover neste período da Quaresma. Neste primeiro encontro, o convidado é o Padre André Vital, dehoniano, Mestre em Sagrada Escritura e professor do Seminário Diocesano São João Maria Vianey.

 

A formação será aberta não apenas para agentes pastorais e membros da paróquia, mas para todos os cristãos que queiram se aprofundar nos estudos bíblicos. A catequese, a primeira do Ano Santo da Misericórdia na Catedral de Campina Grande, começa às 19h.

 

O tema a ser abordado nesta primeira catequese será “As Parábolas da Misericórdia no Evangelho”. Durante as celebrações da semana, o pároco da Catedral, Pe. Luciano Guedes fez o convite para a formação. “Será a nossa primeira catequese sobre a Misericórdia. Nós estamos no Ano Santo da Misericórdia e a Catedral é a primeira porta aberta em Campina Grande, para o Ano da Misericórdia”, destacou Padre Luciano.

 

Ele falou sobre as qualidades do Padre André Vital, citando-o como uma pessoa extremamente qualificada para proporcionar esta formação. “O Padre André Vital é um mestre em Bíblia, professor do nosso seminário, foi professor em João Pessoa e ele vem apresentar as parábolas da Misericórdia. Não percam esta oportunidade de ter uma pessoa qualificada e que vem auxiliar o nosso trabalho e a nossa formação”.

 

Padre Luciano recomentou que os participantes não esqueçam de levar a Bíblia, para acompanhar as leituras dos Evangelhos. “Eu quero lembrar a todos que tragam a Bíblia, porque o Padre André Vital vai apresentar a catequese com base no Evangelho”, disse. Padre Luciano Guedes finalizou informando que as datas, os temas e os convidados para as demais catequeses serão publicadas oportunamente.

 

Padre Dehoniano - Padre André Vital é membro da Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus, uma congregação religiosa da Igreja Católica (em latim Congregatio Sacerdotum a Sacro Corde Iesu), de onde vem a sua sigla (SCI). Presente em mais de 40 países, os padres dehonianos, como são conhecidos, atuam no apostolado paroquial, em obras sociais, educação, comunicação e missionariedade.

 

O fundador, Padre Léon Dehon, nascido em 14 de março de 1843, na França, defendeu a participação social da Igreja, a instrução dos sacerdotes e a prática da missão ad gentes. Sociólogo, advogado e um sacerdote exemplar, padre Dehon fundou uma Congregação que tem a Eucaristia como centro e o ‘ir ao povo’ como prática. Dentre os padres dehonianos mais conhecidos no Brasil estão Pe Zezinho, Pe Joãosinho, Pe Léo e Pe Fábio de Melo (ex-dehoniano, hoje sacerdote da Diocese de Taubaté- SP)

 

Pascom – Catedral

 

Informações:

Professora Áurea Ramos Araújo: (83) 98857-5600,

Coordenadora da Pastoral da Comunicação – Pascom da Catedral

Telefone da Catedral: (83) 3321-3140

catedralcg.org.br

facebook.com/CatedralCG