4O DOMINGO DA QUARESMA  – ANO A

  “Domingo da alegria e do cego de nascença”

 

 

*  RITO INICIAL

Motivação (saudações espontâneas)

            Já estamos no quarto domingo da Quaresma, e se aproxima a maior festa do cristão, a festa da Ressurreição do Senhor. Quaresma é tempo de reflexão, penitência e perdão.

Celebramos o memorial Daquele que se fez último e servo de todos, e com sua morte e ressurreição iluminou os olhos da nossa fé, livrando-nos da alienação que causa a morte do povo.

         Em comunhão com a Igreja no Brasil, rezemos por todas as pastorais, serviços e movimentos que trabalham em favor da vida. Rezemos também por todas as iniciativas em defesa do meio ambiente, dos povos indígenas.

         Somos povo que caminha, portanto, vamos em pé acolher... 

             

   Procissão de entrada com a cruz, velas e o cartaz da CF.

·         Acolhida do presidente

Pres: Em nome do Pai...

Irmãos e irmãs, que o Senhor, nosso Deus, vos confirme na fé, vos encha de esperança e vos inflame de caridade, na graça e na paz de Nosso Senhor Jesus Cristo e na comunhão do Espírito Santo.   

Ass: Bendito seja Deus...

 

·         Ato Penitencial   - CANTADO.   

PRES: A violência em nossa sociedade é um sinal de clamorosa cegueira. Senhor, vós que viestes purificar o homem e devolver-lhe a paz, concedei-nos hoje a graça do perdão, pois pecamos contra vós. Confiantes cantemos.

Todos cantam

PRES: Deus todo-poderoso ...

 

* OMITE-SE O HINO DE LOUVOR.   

 

Oração do Dia

 

  • LITURGIA DA PALAVRA

 Escutemos agora a Palavra de Deus, pois ela está cheia de vida e esperança para todos nós. A primeira leitura conta a história da escolha de Davi. Descobrimos que Deus escolhe os últimos, não se deixando enganar pelas aparências, escolhendo sempre os mais fracos para realizar seus planos. O Salmo 22 nos diz que o Senhor é o nosso Pastor.

A segunda leitura vem nos dizer que o cristão deve não só fugir das trevas, mas também denunciá-las e concretizar as obras de luz.

O evangelho de João narra a cura do cego de nascença. Cristo é a luz que vem ao mundo para que todos possam ver e ter vida.

Vamos ouvir com muita atenção.   

 

1a leitura (1 Sm 16, 1. 6 – 7 . 10 – 13)

Não é preciso anunciar.

·        Salmo Responsorial 

Não é preciso anunciar.

 

Não é preciso anunciar.

 

A Boa Nova de Jesus cura a nossa cegueira, ilumina as nossas vidas. Aclamemos o santo evangelho.

 

·         Aclamação

·         Proclamação

·         Homilia

·         Profissão de fé 

·         Preces da comunidade

PRES: Vimos Deus, através do seu enviado Jesus, iluminar os olhos do corpo e do espírito. Dirijamo-nos a ele com confiança. Digamos cantando: EU ME ENTREGO, SENHOR, EM TUAS MÃOS E ESPERO PELA TUA SALVAÇÃO!

1-    PELA IGREJA, santa e pecadora, para que, iluminada pela luz verdadeira, conduza seus filhos e filhas por caminhos seguros, cantemos ao Senhor!

2-    PELA NOSSA COMUNIDADE, para que fraternalmente ajudemos aqueles que estão nas trevas do erro ou da ignorância, cantemos ao Senhor!

3-    PARA QUE A Campanha da Fraternidade desperte em nós atitudes concretas em defesa da vida desde sua concepção até seu declínio natural, cantemos ao Senhor!

4-    POR AQUELES QUE TRABALHAM em defesa da vida e do meio ambiente, lutando contra o aborto, a eutanásia, contra toda cultura de morte em nossa sociedade, cantemos ao Senhor!

Intenções da comunidade

PRE: Senhor, que suscitais em nós vossos filhos a solidariedade, acolhei benigno nossas preces. Dai-nos a graça de viver nosso compromisso batismal testemunhando a força da luz da vida. Por Cristo, nosso Senhor!

 

 

 

 

 

  • LITURGIA EUCARÍSTICA

Pelo mistério pascal, plenitude da encarnação, que celebramos nesta Eucaristia, nossos olhos enxergam mais longe. Em Cristo, somos filhos e filhas da luz, participantes íntimos de sua vida divina. Canto das ofertas.

·         Oração sobre as oferendas

·         Oração eucarística

 

  • RITO DA COMUNHÃO

Comungar é estar em paz com Cristo e principalmente com os irmãos. Que esta paz ilumine nossos corações e renove a nossa vida a serviço de Deus e da justiça. Canto de comunhão. 

 Rezar a oração da CF antes da oração pós-comunhão.  

+ Oração da CF- 2008.

Ó Deus Pai e Criador, em vós vivemos, nos movemos e somos! Sois presença viva em nossas vidas, pois nos fizestes à vossa imagem e semelhança. Proclamamos as maravilhas de vosso amor presente na criação e na história. Por vosso Espírito, tudo se renova e ganha vida. Nosso egoísmo muitas vezes desfigura a obra de vossas mãos, causando morte e destruição. Junto aos avanços, presenciamos tantas ameaças à vida. Que nesta quaresma acolhamos a graça da conversão, tornando-nos mais atentos e fiéis ao Evangelho. Que o compromisso de nossa fé nos leve a defender e promover a vida no seu inicio, no seu crescimento e também no seu declínio. Vosso Filho Jesus Cristo, crucificado-ressuscitado, nos confirma que o amor é mais forte que a morte. Como seus discípulos queremos “escolher a vida”. Maria, mãe da Vida, que protegeu e acompanhou seu Filho, da gestação à ressurreição, interceda por nós. Amém!

 

·         Oração após a comunhão

 

  • RITO FINAL

A pobreza é uma das grandes ameaças à vida em nosso País. A exclusão social que priva as pessoas das condições materiais para terem uma vida digna é totalmente contrária à mensagem cristã.

A contracepção e o aborto não podem ser considerados soluções para os problemas decorrentes da pobreza. Na verdade, se alguém opta por não ter filho em função das dificuldades materiais, isso não é uma solução para seu problema, porém mais uma privação pela qual essa pessoa estará sofrendo.

A educação para uma sadia paternidade e maternidade responsáveis, com condições adequadas de acompanhamento e dentro de uma sociedade justa e fraterna, ajudará o casal a dimensionar livremente sua família, respeitando os desígnios de Deus. (Texto base da CF-2008).

 

 

 

 

PRECES DA COMUNIDADE

4º DOMINGO DA QUARESMA

 

1-    PELA IGREJA, santa e pecadora, para que, iluminada pela luz verdadeira, conduza seus filhos e filhas por caminhos seguros, cantemos ao Senhor!

 

 

 

 

2-    PELA NOSSA COMUNIDADE, para que fraternalmente ajudemos aqueles que estão nas trevas do erro ou da ignorância, cantemos ao Senhor!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3-    PARA QUE A Campanha da Fraternidade desperte em nós atitudes concretas de defesa da vida desde sua concepção até seu declínio natural, cantemos ao Senhor!

 

 

 

 

4-    POR AQUELES QUE TRABALHAM em defesa da vida e do meio ambiente, lutando contra o aborto, a eutanásia, contra toda cultura de morte em nossa sociedade, cantemos ao Senhor!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

4º DOMINGO DA QUARESMA

ENTREGA DO SÍMBOLO E DA ORAÇÃO DO SENHOR.

 

Após a homilia, o padre expõe o significado e a importância do Símbolo Apostólico e a oração do Senhor (Pai nosso), que devem ser proclamada no Batismo e praticada durante toda a vida.

 

Catequista: Aproximem-se os eleitos para receberem da Igreja o Símbolo da nossa fé e a Oração do Senhor.

 

Padre: Caríssimos eleitos, ouvi as palavras da fé pela qual sereis justificados. São poucas, mas contêm grandes mistérios. Recebei-as e guardai-as com pureza de oração.

Todos rezam com o padre.

Creio em Deus, Pai todo-poderoso...

 

Depois o padre continua com estas palavras ou outras semelhantes.

 

Ides ouvir, caros filhos, como o Senhor ensinou seus discípulos a rezar.

 

Pai nosso, que estais no céu...

 

O padre entrega a cada eleito o Símbolo Apostólico e a Oração do Senhor.

 

Oração de conclusão.

Oremos.

Concedei, Senhor, que estes eleitos, tendo acolhido o vosso plano de amor e os mistérios da vida de vosso Cristo, possam proclamá-los com palavras, e vivê-los pela fé cumprindo em ações a vossa vontade. Por Cristo, nosso Senhor.

 

Todos: AMÉM! 

 

Os catecúmenos voltam para os seus lugares. Seguem-se as preces da comunidade.