FESTA DA EPIFANIA DO SENHOR

TEMPO DO NATAL – ANO A  (06 e 07 de Janeiro)

 

* RITO INICIAL

Motivação (saudações espontâneas).

 Ainda é Natal! Em torno do altar do Senhor, celebramos com muita alegria a festa da Epifania. “Epifania” significa “manifestação”. É o Senhor que se manifesta a todos os povos e nações representados pelos magos.

Os magos vieram do Oriente para prestar homenagem a Deus-Menino. Uma grande homenagem que hoje prestamos a Deus é a própria celebração eucarística. Através da liturgia e, principalmente, da Eucaristia, Deus é glorificado e nós somos santificados.

Guiados por uma estrela, vamos ao encontro do Senhor. Bem unidos, como Igreja missionária que caminha, fiquemos em pé, e caminhemos ao encontro do Senhor, cantando....

 

 

·         Acolhida do presidente

 

 

Pres: Em nome do PAI...

Eis que veio o Senhor dos senhores, em suas mãos, o poder e a realeza. Irmãos e irmãs, o Deus, que dá constância e conforto, vos dê a graça da harmonia e da concórdia, na paz de nosso Senhor Jesus Cristo e na comunhão do Espírito Santo.

Ass: Bendito seja Deus...

 

·         Ato Penitencial  - CANTADO 

PRES: Bom Pai, com quanto amor vós enviastes vosso Filho para ser a luz de toda a humanidade. E, com quanta lentidão nós nos deixamos iluminar por ele! Com quanta lentidão nós o anunciamos e testemunhamos àqueles que ainda não o conhecem e não o acolhem! Perdoai-nos!     

Canto apropriado.

PRES: Deus de ternura, purificai-nos para que a nossa vida seja sempre expressões do nosso amor e da vossa palavra. Por Cristo Senhor nosso.

 

Hino de Louvor. 

O presidente da celebração convida a assembléia a cantar o Hino de Louvor.

 

Oração do Dia

 

 

1a leitura

Jerusalém (ou a Igreja na releitura cristã) é apresentada como a luz que se opõe ás trevas, porque nela habita a glória do Senhor, isto é, nela habita o Senhor.

Leitura da profecia de Isaias 60, 1 – 6

 

Salmo Responsorial  71

Povos todos, adorai ao Senhor nosso Deus.  

 

2a leitura  

Jesus é apresentado no Novo Testamento como aquele que revela o Pai, ou ainda mais como a definitiva Palavra de Deus.

Leitura da carta de São Paulo aos Efésios 3, 2 – 3 . 5 – 6.

Evangelho

A história dos magos é a nossa história na busca de Deus. Fiquemos em pé e aclamemos o santo evangelho cantando.

 

·         Aclamação

·        Proclamação(Mt 2, 1 – 12).

Após o evangelho, fazer a entrada das imagens dos Magos, colocando num lugar de destaque.

·         Homilia

·         Profissão de fé

 

·         Preces da comunidade

PRES: Deus quer iluminar a humanidade com a Palavra e a Pessoa de seu Filho Jesus. Na fé que recebemos em nosso batismo, roguemos ao Senhor: VENHA O VOSSO REINO, SENHOR!

 

1-                PELA SANTA IGREJA, para que, iluminada pelo Cristo Senhor, leve a luz do evangelho a todos os homens e cumule de esperança os povos, rezemos.

2-                PELOS POVOS DO MUNDO INTEIRO, para que se incremente tudo o que contribui para o entendimento e a fraternidade universal e os governos procurem sobretudo os interesses da justiça e da paz, rezemos.

3-                PELA NOSSA COMUNIDADE, para que encontrem o Deus vivo e verdadeiro, que dará pleno sentido ás suas pesquisas e à sua vida, rezemos ao Senhor.

4-                POR TODOS NÓS que agora participamos desta celebração eucarística, para que nossos gestos de amor e de bondade ajudem outros a se encontrarem com o Cristo, rezemos. 

5-                Intenções da comunidade.  

PRES: Ó Pai, alargai nossa oração às dimensões do mundo que quereis salvar; tornai-nos solidários com as aspirações de todos os homens, particularmente as dos irmãos na fé, em Cristo nosso Senhor.

Os dons oferecidos pelos fiéis (pão e vinho) são transformados em Cristo, dom do Pai, salvador de todo o mundo. Canto das ofertas.

Fazer procissão das ofertas com pessoas da comunidade.

 

·         Oração sobre as oferendas

·         Oração eucarística.

 

Prefácio da Epifania

Oração eucarística III

 

·         Oração pós-comunhão.

 

Retomando um antigo costume da Igreja o presidente da celebração faz o anúncio das festividades do ano. À mesa da Palavra, pode proclamar ou cantar:

 

Irmãos caríssimos, a glória do Senhor se manifestou e sempre há de se manifestar no meio de nós, até a sua vinda no fim dos tempos.

Nos ritmos e nas variações do tempo, recordamos e vivemos os mistérios da salvação.

O centro de todo o ano litúrgico é o tríduo do Senhor crucificado, sepultado e ressuscitado, que culminará no Domingo da Páscoa, este ano no dia 23 de Março.

Em cada domingo, Páscoa semanal, a Igreja torna presente este grande acontecimento, no qual Jesus Cristo venceu o pecado e a morte.

Da Páscoa derivam todos os dias santos: as cinzas, início da Quaresma, no dia 06 de fevereiro; a festa de Pentecostes, no dia 11 de Maio; Corpo e Sangue de Cristo, no dia 22 de Maio; o 1º domingo do Advento, no dia 30 de Novembro.

Também nas festas da Santa Mãe de Deus, dos apóstolos, dos santos e santas a Igreja, peregrina sobre a terra, proclama a Páscoa do Senhor.

A Cristo que era, que é e que há de vir, Senhor do tempo e da história, Louvor e glória pelos séculos dos séculos.

Amém.

 

BÊNÇÃO PARA ESTE DIA

 

O Senhor esteja convosco!

Ele está no meio de nós!

 

Deus, que vos chamou das trevas à sua luz admirável, derrame sobre vós as suas bênçãos e vos confirme na fé, na esperança e na caridade.

AMÉM!

 

Porque seguis a vossa peregrinação, possais chegar ao Cristo Senhor, luz da luz, que os magos procuravam guiados pela estrela e com grande alegria encontraram.

AMÉM!

 

Terminada a vossa peregrinação, possais chegar ao Cristo Senhor, luz da luz, que os magos procuravam guiados pela estrela e com grande alegria encontraram.

AMÉM!

 

Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai e Filho + e Espírito Santo.

AMÉM!

 

PRECES DA COMUNIDADE (Devem ser distribuídas com antecedência)

EPIFANIA DO SENHOR (06 DE JANEIRO DE 2008)

 

6-                PELA SANTA IGREJA, para que, iluminada pelo Cristo Senhor, leve a luz do evangelho a todos os homens e cumule de esperança os povos, rezemos.

 

7-                PELOS POVOS DO MUNDO INTEIRO, para que se incremente tudo o que contribui para o entendimento e a fraternidade universal e os governos procurem sobretudo os interesses da justiça e da paz, rezemos.

 

8-                PELA NOSSA COMUNIDADE, para que encontrem o Deus vivo e verdadeiro, que dará pleno sentido ás suas pesquisas e à sua vida, rezemos ao Senhor.

 

9-                POR TODOS NÓS que agora participamos desta celebração eucarística, para que nossos gestos de amor e de bondade ajudem outros a se encontrarem com o Cristo, rezemos.